Cambio Automático

O câmbio automático é um sistema empregado em automóveis e motocicletas para troca de marchas realizada pelo sistema de transmissão do automóvel, que detecta a relação entre a velocidade (km/h) e a rotação do motor (rpm) para decidir pela troca automática da marcha, desta forma o sistema se propõe a manter a rotação do motor quase constante e o câmbio automaticamente faz a troca das marchas.

Nos sistemas modernos com câmbio automático a troca das marchas está quase imperceptível ao motorista. O câmbio automático foi inventado por dois engenheiros brasileiros, José Braz Araripe e Fernando Lemos. A GM produziu o primeiro carro “hidramático”, em 1938 depois de desenvolver o câmbio com o protótipo e o projeto vendidos pelos inventores em 1932. Nos Estados Unidos desde a década de 50 quase todos os veículos utilizam-se deste sistema. Este sistema se opõe ao sistema de câmbio mecânico ou câmbio manual.

Funcionamento

Ao contrário do sistema de câmbio manual onde se trabalha com engrenagens de tamanhos diferentes e engatadas individualmente, no câmbio automático utiliza-se o sistema de engrenagens planetárias, elas possuem tamanhos diferentes, mas todas elas estão sempre engatadas entre si, a relação da força é dada de acordo com a ordem que essas engrenagens estão conectadas.

transmissão automatica transmissão automatica

Vantagens

Vantagens: facilidade, conforto, segurança, maior durabilidade do motor e de todos os componentes da transmissão (caixa, eixos, diferencial, etc).